AGU cobra R$ 141 milhões de transportadoras

A Advocacia-Geral da União enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) relação com as 96 empresas transportadoras que foram multadas após a decisão de desbloquear as rodovias brasileiras. De acordo com a AGU, os valores chegam a R$ 141,4 milhões.

Na última sexta-feira (25), o ministro do STF Alexandre de Moraes acatou pedido da AGU para autorizar o uso de forças federais de segurança na desobstrução das rodovias bloqueadas por caminhoneiros. Para as entidades que atuaram no protesto, a multa prevista estava em R$ 100 mil a hora; R$ 10 mil foi a punição prevista para os trabalhadores.

Segundo a Advocacia-Geral, as multas foram aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias BRs 282, 116, 101, 230, 040, 050, 226 e 364, que cortam municípios como Xanxerê (SC), Barra Mansa (RJ), Embu (SP), Taboão da Serra (SP), Duque de Caxias (RJ) e Uberlândia (MG).
AGU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

^ Ir Para Topo ^