No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

Emprego

Brasil registra mais de 414 mil novos postos de trabalho

Omês de novembro teve saldo positivo de 414.556 novos postos de trabalho com carteira assinada. É o quinto mês consecutivo com saldo positivo de empregos e o melhor do ano até o momento. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quarta-feira (23), pelo Ministério do Trabalho.

Esse também é o melhor resultado para todos os meses desde o início da série histórica do Caged, superando o recorde anterior registrado no último outubro.

De acordo com o ministério, os números confirmam a retomada do crescimento econômico do país com a retomada gradual do emprego formal. E também registram as contratações temporárias típicas deste período do ano.

O saldo positivo registrado em novembro é resultado de 1.532.189 admissões e 1.117.633 desligamentos. O bom desempenho foi puxado pelo setor de serviços, com 179.261 novas vagas, e comércio, com 179.077. Na indústria, o saldo foi positivo em 51.457 e na construção civil, em 20.724.

Vera Moraes foi uma das brasileiras que conseguiu emprego no setor de comércio. Após passar seis meses desempregada, ela começou a procurar um posto de trabalho no Distrito Federal. “Voltei a procurar emprego e, em um mês, fui selecionada. Estou trabalhando há dois meses e agora tenho muitos projetos, quero ficar aqui muito tempo”, contou.

Empregos em 2020

No acumulado do ano, o saldo é de 227.025 novos postos de trabalho formais. É a primeira vez desde a chegada da Covid-19 que o saldo acumulado do ano é positivo.

Criação de empregos nas cinco regiões

Em novembro, as cinco regiões do país tiveram saldo positivo. O Sul teve a maior alta, 1,28%, na criação de empregos com carteira assinada, seguido pelo Nordeste, com alta de 1,14%. No Sudeste, a alta foi de 1,08%, no Norte, de 0,88%, e no Centro-Oeste, de 0,59%.

Trabalho intermitente

Em novembro, a modalidade de trabalho intermitente registrou 20.429 admissões e 9.340 desligamentos, gerando saldo positivo de 11.089 empregos, envolvendo 6.827 estabelecimentos contratantes. Um total de 222 empregados celebrou mais de um contrato na condição de trabalhador intermitente.

O trabalho intermitente se manteve com saldo positivo desde o início da Covid-19, com exceção do mês de abril. No acumulado de janeiro a novembro, gerou saldo positivo de 64.327 empregos.

Empregos Preservados

O Programa Emergencial de Preservação da Renda e do Emprego permitiu 20.061.982 acordos entre 9.836.704 empregados e 1.464.575 empregadores no Brasil. Até o momento, o programa desembolsou R$ 31,3 bilhões.

O programa foi criado em abril para preservar empregos e renda que ficaram ameaçados pelo impacto do novo coronavírus na economia. Para isso, autoriza empresas, quando houver acordo entre empregador e empregado, a reduzirem proporcionalmente a jornada de trabalho e salário ou suspenderem temporariamente o contrato de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Botão Voltar ao topo